O SPACE Architecture & Interior Design :: Casa Bella

Casa Bella

Porto, Habitação

Comprar casa para reabilitar. Num curto espaço de tempo, transformámos uma moradia antiga no Porto numa Casa Bella pronta a habitar. Preservar a arquitetura deste edifício dando-lhe uma nova vida em tão pouco tempo foi o ponto alto deste projeto.

Recuperar um edifício degradado no centro do Porto é sempre um desafio. Executar uma obra como esta em pouco tempo tornou todo o processo ainda mais desafiante para toda a equipa. A recuperação da Casa Bella tinha como principal objetivo o aumento da qualidade de vida dos proprietários, com a melhoria das condições de habitabilidade, através da restauração de todo o imóvel, e a conservação de alguns elementos estruturais da casa, que lhe conferem a beleza e singularidade de uma moradia antiga.

Projetámos uma Casa Bella renovada e nasceu mais um espaço no centro histórico do Porto com selo de qualidade O Space.

Depois - salamandra da Casa Bella
A moradia continha já alguns elementos arquitetónicos típicos de construções antigas, como um óculo interior na parede adjacente às escadas, portas de madeira e vidro em todas as divisões com puxadores redondos, e um pavimento em madeira natural. A recuperação das paredes interiores, com conservação em estuque, e das escadas, corrimões e pavimento em madeira foi essencial para melhorar o isolamento térmico da Casa Bella, assim como a acústica.

Reabilitar uma casa antiga requer cuidados especiais no planeamento, construção e escolha de materiais, pelo que o primeiro passo é avaliar o estado do imóvel para identificar as suas necessidades e intervir nesse sentido, com a criação de soluções ajustadas e funcionais, que permitam, simultaneamente, manter elementos estéticos requeridos pelo cliente.

Antes - zona da salaAntes - quarto
O processo de conceção da salamandra que atravessa toda a casa em altura foi também desafiante. Por ser uma salamandra a lenha, ainda que seja um equipamento de fácil instalação, impuseram-se questões ao nível da construção do sistema de aquecimento, nomeadamente no que toca à saída do fumo e recuperação de calor. Por outro lado, o planeamento da sua localização na sala foi também importante, de forma a que respeitasse a conduta de saída do ar, pudesse ser melhor utilizada e servisse ainda de divisão imaginária do open space.

Na cozinha, o trabalho incidiu sobretudo na construção do sistema de saída de ar do exaustor, por cima da ilha, que era um elemento que não existia anteriormente.

Depois - Escadas da Casa Bella
No piso superior, optou-se por manter também a claraboia já existente nas escadas e a porta arredondada para o closet, conservado esta última em estuque assim como as paredes. No closet, manteve-se a segunda claraboia da casa e pintou-se o espaço de um tom cinzento escuro para uma sensação de refúgio do local. Nas restantes paredes da Casa Bella utilizou-se o branco, que contrasta com a madeira do chão e das escadas, equilibrando todo o espaço.

Para finalizar, a restauração da parte exterior foi também um ponto trabalhado pela equipa, com a reabilitação do piso com materiais mais modernos e a construção de uma pérgula semi-anexada em madeira para uma maior privacidade no terraço.

Antes - Cozinha