O SPACE Architecture & Interior Design :: Cozinha com ilha

Cozinha com ilha

As cozinhas carregam consigo muitas histórias. A história das gerações que ensinaram a arte da culinária aos mais novos, a dos que aprenderam com os mais velhos a sujar as mãos, a dos que cozinham com amor para os seus convidados. Não é por acaso que a cozinha simboliza o coração de uma casa; é o órgão que bombeia todas as experiências da família para o resto da casa. Neste projeto, foi importante criar mais espaço para arrumação e proporcionar maior luminosidade à cozinha e à sala, com uma solução open space. Reunimos todos os ingredientes para esta remodelação e o prato principal é a otimização com uma pitada de novidade.

  • Remodelação de Interiores e Execução de Obra

Projeto de remodelação de interiores e obras

Criar maior proximidade entre os espaços da sala e da cozinha para momentos mais intimistas foi o principal objetivo deste projeto, pelo que a solução em open space mostrou ser a mais adequada. A ilha permite obter um espaço mais prático e funcional, otimizando o sistema de arrumação, nesta que é também uma zona para refeições mais rápidas e informais.

Assim, transformaram-se duas divisões em apenas uma, separadas por um painel de madeira ripada que confere maior amplitude e luminosidade a ambos os espaços. A remodelação da cozinha permitiu criar múltiplas funcionalidades neste espaço, desde a possibilidade de ver televisão durante a preparação das refeições à comunicação com toda a família, devido à orientação para a sala.

Optou-se por colocar eletrodomésticos embutidos nos armários, sendo estes lacados a bege e anti-dedadas, com muitas possibilidades de arrumação. O tampo, balcão e pia da cozinha em pedra acrílica HI-MACS contínua, na cor branca, dão também uma maior sensação de amplitude, já que as superfícies se ligam continuamente de forma impercetível.

A superfície da ilha foi também revestida com a mesma pedra acrílica, já que este material é não poroso, termo-moldável, resistente ao fogo, baixa emissão de compostos orgânicos voláteis (VOC) e grande tolerância quando em contacto com alimentos. Desta forma, neutralizamos o risco de inflamação com a placa de fogão de indução embutida no painel da ilha.

Por fim, a madeira ripada foi utilizada para revestir pormenores dos armários, além do separador do open space, contrastando com o branco lacado da maior parte do mobiliário. Tendo optado por uma tonalidade semelhante à do pavimento vinílico flutuante, a sensação de continuidade é ainda melhor conseguida.